Vai auditar a conta telefônica? Não esqueça a contestação

Auditoria de faturas de telecom

Se você vai auditar a sua conta telefônica, o próximo passo é fazer a contestação. Neste artigo mostraremos porque isso é importante.

Com o maior índice de reclamações no país, superando até mesmo os bancos, o setor de telecomunicações é uma das maiores causas de desperdício nos orçamentos corporativos em todo o mundo.

As operadoras enfrentam dificuldade em acompanhar o crescimento da demanda, e com razão.

Um número exponencial de linhas e planos de dados são solicitados diariamente, na mesma velocidade em que aumenta a dependência das empresa por tecnologias móveis.

Com o tempo, chegaremos a um equilíbrio entre oferta, procura e estrutura oferecida, mas até lá devemos estar atentos às tantas complexidades que envolvem os serviços contratados. 

Auditoria

O ponto principal é saber se o que foi combinado é o que está sendo pago de fato. 

Por isso muitas empresas realizam o processo de auditar a conta telefônica, para identificar problemas e pontos de desperdício, como erros e cobranças indevidas.

Mas, o que acontece após a auditoria? Como proceder depois que os problemas foram identificados?

Quem já tentou fazer uma reclamação por cobrança indevida ou para cancelar algum plano sabe o quanto esse processo é burocrático e falho, e o quanto de tempo é disperdiçado em conversas com atendentes das operadoras. 

Por esse motivo existe dentro das operações de TEM (Telecom Expense Management), a prática de contestação de faturas, que consiste na intervenção junto às operadoras para corrigir valores pagos injustamente e solicitar os ressarcimentos.

Como dito antes, as operadoras são líderes em reclamações, mas ao mesmo tempo, o índice de resoluções também é alto (média de 85% entre as operadoras), ou seja, contestar dá resultado.

Com as melhores práticas e contatos, um profissional experiente e conhecedor do mercado pode renegociar contratos, obter descontos e melhores tarifas. Além disso, solicitar ressarcimento e correção nas faturas, alcançando uma economia real e significativa para a empresa.

Contestação

Para isso, a verificação e contestação de faturas deve ser constante, uma prática que deverá ser integrada à rotina da empresa, através de gestores dedicados e/ou pela terceirização dos processos.

Dessa maneira, sua empresa não irá acumular gastos, e não pagará por serviços não contratados (que por vezes passam desapercebidos por anos!).

E o melhor, terá uma equipe dedicada na resolução dessas questões, sem precisar acionar seus funcionários e perder o foco da produtividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *