<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

As 3 principais formas de tarifação indevida em faturas de telefonia

Postado por Mobilit em 08/10/2014 18:37
Depositphotos_50184917_m
A tarifação telefônica é um assunto polêmico, presente em conversas entre amigos, famílias, e principalmente, no universo corporativo. Difícil não conhecer alguém que não tenha vivenciado algum episódio de cobrança indevida em suas faturas, geralmente traduzidos em prejuízos financeiros e desgastes pessoais.

Além das altas tarifas e impostos, temos que driblar também problemas de infraestrutura nas telecomunicações, que dificultam a vida do usuário. Por exemplo, no ranking mundial de velocidade de internet o Brasil está na 89º posição, ao mesmo tempo em que possui as tarifas mais caras do mundo em valores absolutos.

Ainda estamos ansiosos por condutas satisfatórias vinculadas a regulação das atividade das operadoras, condutas que expressem respeito e transparência junto aos usuários . Enquanto isso operar em meio a esse cenário significa estar atento, e, tentar da melhor forma possível, controlar os gastos e encontrar os melhores meios para gerenciar a tarifação.

Dentre os muitos relatos, apontamos três formas de tarifação indevida que merecem atenção especial:

1) A operadora não pratica as tarifas e serviços de voz e dados que estão no contrato

Tarifas de chamadas telefônicas e serviços como sms, internet e assinaturas frequentemente aparecem com erros. Empresas chegam a pagar por anos planos com tarifas não acordadas, um verdadeiro vazamento de gastos. Atente para as renovações de contratos, e revise suas faturas para comparar os preços acordados com os praticados, verifique itens como planos de utilização de dados e o preço do minuto das ligações. Quando encontrar alguma cobrança indevida, abra uma chamada de contestação na operadora e tome nota dos protocolos de atendimento. No caso de já ter pago uma fatura com erros, sua empresa tem direito ao ressarcimento em dobro dos valores excedentes.

2) Cobrança de um serviço que não foi contratado

Prática corriqueira entre as operadoras, causa enormes transtornos e irritação. Trata-se da adesão em planos sem a permissão ou contato com o usuário. São descobertas cobranças por serviços como pacote de sms e planos de internet que nem sequer foram solicitados. Por exemplo, contrata-se uma linha para efetuar ligações apenas, e na fatura constam pacotes de sms e planos de internet.

3) Cobranças de linhas que foram canceladas

Tarifação por serviços de linhas que já foram canceladas, mas que continuam relacionadas nas faturas. Essas linhas “fantasmas” passam muitas vezes despercebidas e consomem recursos. O procedimento nesses casos é abrir um pedido de contestação formal, e se preciso, fazer uma reclamação ao orgão regulador (Anatel), para que o mesmo intervenha junto a operadora e assim agilizar o processo.

Você pode imaginar qual o estrago deste tipo de prática para o seu bolso, ou para os resultados de seu departamento ou empresa? Pois é, além disso, a tarifação indevida causa também um grande aborrecimento e um grande desgaste.

No Brasil, as diferenças entre tarifas podem ser astronômicas, infelizmente. Você deve estar muito atento às suas faturas, assim como deve assumir como hábito a confeência das faturas. Analise os planos e propostas disponíveis no mercado, e tenha parceiros de confiança, dentro e fora das operadoras. Se sua empresa tiver médio para grande porte, considere a terceirização de alguns serviços para agilidade nos processos e orimização de resultados.

New Call-to-action

Topics: Auditoria de faturas de telecom

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades