<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

7 estatísticas surpreendentes sobre os custos e segurança de BYOD

Postado por Mobilit em 30/03/2015 11:30

BYODMundialmente, a tendência de levar equipamentos pessoais para o trabalho e usá-los para acessar os dados da empresa só tende a crescer.

Chamada de BYOD – do inglês Bring Your Own Device -, a prática agrada exatamente porque permite o uso de gadgets e aplicativos já customizados à preferência de cada um.

Por outro lado, essa conveniência se traduz em grande desafio para os gerentes de TI que, mais do que administrar os aparelhos móveis, precisam cuidar da segurança móvel. Muitos problemas podem surgir da falta de recursos para cuidar de tudo, mas sabe-se também que muitos advêm do despreparo e falta de conhecimento.

E isso é aferido em números

No segundo semestre do ano passado, a publicação de tecnologia InformationWeek convidou 424 tomadores de decisão de negócios e tecnologia para responder uma pesquisa sobre como gerenciam dispositivos móveis em suas empresas.

Confira alguns resultados surpreendentes a seguir.

1.      Dos participantes, 88% já permitem ou estavam para aceitar o uso do BYOD;

2.      Porém, apenas 39% contavam com um sistema de administração de aparelhos móveis;

3.      78% dos executivos afirmaram que sua principal preocupação com segurança era com aparelhos perdidos ou roubados;

4.      Impressionantes 45% tinham sofrido com perda de dados corporativos nos últimos 12 meses;

5.      A mesma taxa de 45% afirmou permitir que os funcionários levem qualquer dispositivo e acessem a rede da organização, desde que eles concordem em cumprir a política – porém, é muito comum que não haja aplicação real dessas políticas, o que pode se tornar um grande obstáculo para TI;

6.      46% deles exigiram uma senha de ativação para atuar como um mecanismo de autenticação dos dispositivos que acessavam informações da empresa;

7.      Mais de um quarto, ou 28% dos participantes, achavam que não existiam regras nesse quesito, o que demonstra o quão despreparadas as empresas podem estar para lidar com a segurança no BYOD. De fato, em sondagem no ano anterior, a primeira razão citada pelos profissionais de TI por não ter criptografia ou algum método de segurança para dispositivos móveis foi exatamente a falta de proficiência!

Fica claro, com esses dados, que o BYOD pode oferecer sérios riscos para as empresas e, se considerarmos que o uso dos equipamentos pessoais no trabalho só tende a crescer, consequentemente os riscos também crescerão.

É preciso mudar as atitudes

Definitivamente, as equipes de TI precisam instituir algumas políticas de BYOD e se preparar, inclusive com treinamentos e informação, para lidar com esse desafio que ele representa.

Inicialmente, procure manter controle dos dados corporativos, exigindo senhas para aplicativos e equipamentos, restringindo o acesso por departamento e restringindo o suporte de TI para BYOD.

Também ajuda criar políticas de reembolso, considerando-se o perfil do funcionário, seus hábitos de utilização e limites.

Ainda, proteja os equipamentos: estabeleça um calendário para registrar gadgets perdidos ou roubados, exija o uso de antivírus aprovado pela empresa e recomendo o uso de determinados aplicativos, especialmente os desenvolvidos para uso comercial.

Não hesite em selecionar um fornecedor para oferecer suporte a ajuda para administrar todo esse universo. O BYOD é uma prática complexa e sem volta, e a sua equipe não pode esperar o tempo passar para tomar uma atitude: os riscos estão soltos!

mobilidade corporativa

 

 

 

Topics: BYOD, segurança de dados, segurança móvel

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades