<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

Pare de assumir prejuízos em Telecom: entenda mais sobre seus pacotes e planos

Postado por Mobilit em 05/12/2014 11:30

mobilit_09

É muito raro uma empresa nunca ter precisado questionar sua operadora de telefonia sobre problemas em geral – contas entregues com erros, cobranças indevidas e dúvidas em geral sobre o uso e limites de operações.

Há aquelas que vivem verdadeiras sagas: são dias, semanas ou meses de ligações para questionar, tentar entender os erros que ali existem e aguardar respostas e – o mais difícil – obter soluções.

Problemas recorrentes junto às operadoras há muito não são exceção, mas regra, e não podemos culpar isoladamente uma ou outra fornecedora: erros são gerados por sistemas e, por isso, ocorrem com qualquer empresa do mercado.

Nenhuma operadora cobra errado ou atende com atraso porque tem índole ruim ou quer maltratar seu cliente, mas porque tudo em telecom é volumoso e complexo, inclusive a demanda.

Uma das campeãs de reclamação é a cobrança indevida: ligações não realizadas e serviços não contratados são, simplesmente, cobrados e, para o desespero de muitos departamentos financeiros, pagos em débito automático, por exemplo.

Da identificação do erro ao ressarcimento, há um grande e tortuoso caminho, e o tempo e energia que o funcionário gasta para obter esse dinheiro de volta também significam um custo para a empresa. Ou seja: perde-se ao pagar a mais, e perde-se ao tentar obter o dinheiro de volta. Esses valores podem representar rombos agudos no orçamento das companhias.

E para piorar, há o imposto: no ano passado, um estudo feito pela GSM Association mostrou que o Brasil é um dos países com maior carga tributária sobre os serviços de telecomunicações. Ele ficou em terceiro lugar, atrás de Turquia e Uganda. Do total da conta telefônica, pouco mais de 30% são tributos.

Esperar a conta chegar e correr atrás do prejuízo, definitivamente, não é a atitude mais prática e econômica que as empresas podem ter hoje em dia, ainda mais em tempos onde os avançaos em tecnologia trabalham a favor. Busque outras opções:

  • Adote práticas de controle: selecione operadoras para chamadas de longa distância que ofereçam desconto, pesquise qual a forma mais econômica de fazer ligações por celular e analise a necessidade de possuir absolutamente todos os serviços que a operadora oferece, como chamada em espera e conferência;

  • Aperfeiçoe o uso dos planos e os pacotes contratados: é preciso que a empresa tenha tranquilidade e segurança sobre o que deve ser pago. Recursos não utilizados em telefonia podem ser investidos em outras áreas. Por isso, identifique as necessidades reais que sua companhia tem, considerando-se o mercado em que ela atua, e negocie minutos ou outros serviços diferenciais que permitam o uso com conforto, sem desperdício;

  • Identificação de problemas: se você identificou que há algo de errado em sua conta corporativa, metade do caminho já foi percorrido. Muitas empresas pagam contas mês após mês sem verificar e sem nunca imaginar que estão gastando indevidamente.

Com o problema identificado, fica mais fácil correr atrás da solução: seus funcionários saberão resolver? Há algum sistema tecnológico que colabore para o controle e a cobrança correta?

A solução está dentro de casa ou é mais lógico e seguro contratar um serviço terceirizado, especializado no assunto, que trará soluções mais ajustadas às suas necessidades, e com economia?

Não perca mais tempo e evite dores de cabeça tentando resolver esses impasses. Encontre um parceiro especializado no assunto e que possa realmente lhe ajudar em sua gestão.

New Call-to-action

 

Topics: cobrança pelas operadoras, Despesas Corporativas, Terceirização de Serviços

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades