<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

O profissional de TI pode ser a ponte para a inovação

Postado por Mobilit em 12/01/2015 11:30

mob_dez_10O termo “inovação”, tão discutido na esfera dos negócios, foi promovido para o topo da lista de atribuições dos principais executivos, especialmente dos diretores de TI.

A ruptura nos paradigmas tradicionais em relação a produtos, processos e mercados ajudam a desencadear os ciclos de crescimento da economia.

Não é difícil concluir que a inovação se tornou matéria-prima na consolidação de uma maior eficiência e resultados positivos

A importância da inovação ganha mais relevância se levarmos em conta as recentes reviravoltas do ambiente econômico, que gerou profissionais pela necessidade da reflexão e provocação para o novo.

O profissional de TI, seja um operador, gestor ou diretor, ganha o destaque e a responsabilidade de ser o agente da mudança, de propor as alternativas para a inovação em seu ambiente profissional.

Com foco na geração sustentável de valor através da integração da gestão empresarial com o TI, o profissional deve se especializar em oferecer soluções e consultoria para o mercado corporativo.

Promover aumento de produtividade, redução de custos, diferenciação e otimização dos negócios em um mercado altamente competitivo e global.

Nesse momento atual, empresas precisam produzir e criar novas formas de gerar valor aos clientes. O grande contraponto que se percebe, no entanto, é que muitas empresas da área de TI apresentam deficiências operacionais na busca pela inovação, tais como:

·       Adoção de ferramentas que elevam os custos e não trazem resoluções efetivas
·       A falta de estratégia para implementação de ferramentas e roll out de dispositivos
·       Deficiência em controle de ativos e despesas com as telecomunicações

Em pesquisa feita entre profissionais de TI, 31% afirmaram que a inovação acontece de forma acidental nas empresas. Somente 14% afirmaram que suas empresas contam com políticas direcionadas para o estímulo a inovação.

Inovar é assumir riscos, e o momento é bom para investir, desenhar e implantar projetos, desde que as empresas de TI tenham planejamento bem definido, priorizado e com os riscos mitigados.

O profissional de TI deve estar na frente das decisões e assumindo a responsabilidade por coordenar todas essas medidas, pois a inovação é feita essencialmente de pessoas com novas formas de pensar.

Na prática, o gestor de TI pode propor iniciativas, tais como:

·       Pesquisar plataformas e ferramentas para aumentar a produtividade, que sirvam bem aos propósitos da empresa;
·       Buscar parcerias em gestão de despesas (TEM) e na gestão de ativos de TI para seu ambiente corporativo;
·       Monitorar de perto a implantação de novas tecnologias e dispositivos, e assegurar-se de prestar o melhor suporte aos usuários.

Desta forma, alcançaremos a diferenciação. Somente inovação tecnológica não basta, pois ela só será efetiva se vier acompanhada de uma gestão eficiente de pessoas, de um ambiente favorável à criação, acompanhada de investimentos nas áreas de pesquisa, suporte e desenvolvimento.

Parafraseando Gandhi – Devemos ser a mudança que queremos ver no mundo.

Essa verdade vale para todos os aspectos de nossa vida, inclusive para o ambiente corporativo.

Inspire-se. Seja o agente da mudança, seja o precursor da inovação em seu negócio.

New Call-to-action

 


 

Topics: TEM (Telecom Expense Management), Profissionais de TI

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades