<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

Dicas para garantir inovação e agilidade em TI

Postado por Mobilit em 18/02/2015 15:00

mob_jan_09-1O mundo moderno dos negócios exige agilidade e, considerando-se TI, a exigência seja talvez mais brutal e necessária.

Processos devem ser criados rapidamente para acomodar as necessidades e os novos pedidos do setor comercial. Devem, ainda, ser flexíveis, para suportar possíveis mudanças em um curtíssimo prazo.

É o mercado tentando ser mais rápido e eficiente do que ele próprio: se superar faz parte do jogo em um cenário de competição acirrada.

Assim, líderes de TI desenvolvem novos métodos e soluções para colaborar com essa necessidade de desenvolvimento e atualização que parece não ter fim.

Ao mesmo tempo em que buscam oferecer comodidade praticidade aos fazedores de negócios, esses líderes podem trazer também a inovação para dentro das empresas, e impulsioná-la, de forma saudável, entre os colaboradores.

Provocar os funcionários, pedindo ideias diferenciadas, projetos mais baratos, respostas mais rápidas e, simultaneamente, impondo limites de custos e prazos cria nas pessoas a sensação de que as coisas devem mudar, e que algo deve ser pensado e colocado em prática com rapidez.

Caem o marasmo e o comodismo, que dão lugar às iniciativas, às tentativas e aos novos conceitos. Nasce a inovação.

Agilidade de verdade

Independentemente de o pedido ser feito internamente ou por algum parceiro ou cliente, um novo projeto de TI leva tempo para ser feito – ele é primeiramente imaginado, depois esboçado para, então começar a ser desenvolvido de fato.

Ainda que um projeto seja mais caro ou complexo, ele não pode levar muito mais tempo ou dinheiro do que foi inicialmente planejado, ou ele está sendo feito de forma errada e, certamente, não vai funcionar.

Projetos de TI sérios e bem planejados contam com um profissional totalmente voltado e responsável por ele, que evitará a perda do controle, seja de tempo ou investimento.

Recomenda-se, também, que a equipe não tente construir um sonho: entregar 80% do trabalho no prazo é mais recomendável do que buscar a perfeição de um sistema pronto para absolutamente todas as variáveis, com prazo e budget estourados. De novo, faltou agilidade  e, na sequência, isso não é inovador.

Uma boa alternativa para fazer tudo andar é dividir o projeto total em menores, que são divididos entre a equipe e realizados simultaneamente. Isso colabora muito para um trabalho dinâmico e versátil.

E, por fim, não enxergue a necessidade de aprendizagem e treinamento um atraso. Não permite extrapolação do tempo, mas deixe que as pessoas aprendam fazendo. No futuro, elas serão donas daquele processo específico, e desenvolverão suas atividades com mais segurança e tranquilidade.

Executivos esperam que TI lhes ofereça as soluções que tanto buscam, e não que apresentem mais problemas. O grande desafio é exatamente entregar projetos com rapidez, antes mesmo que novas necessidades surjam naquele âmbito.

Ao pedir por uma solução, o cliente já demonstra insatisfação com o que tem em mãos, então não há como perder tempo e dinheiro com a criação e execução da nova solicitação: este é um mercado para o amanhã que busca respostas para ontem.

New Call-to-action

 

 

Topics: Produtividade, Otimização de tempo em TI, inovação em TI

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades