<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

A nuvem é vulnerável?

Postado por Mobilit em 10/12/2014 11:30

philips_blog_15Este artigo foi originalmente publicado no blog da MGITECH e reproduzido aqui com permissão. Acesse o conteúdo original aqui.

segurança continua sendo um dos maiores desafios vinculados ao armazenamento de dados na nuvem. Acompanhado pelo impacto de um noticiário sobre a invasão de privacidade de celebridades, o assunto veio a tona direcionando todos os holofotes para a temida vulnerabilidade,  a qual julgamos não estarmos expostos.

Conforme noticiado ontem por diversos portais da internet, um hacker alegou ter tido sucesso violando a segurança do serviço iCloud da Apple copiando fotos de personalidades conhecidas e publicando-as na rede. Infelizmente, algumas das celebridades prejudicadas confirmaram que as fotos são verdadeiras.

Obviamente o criminoso deve receber a punição devida, mas do ocorrido, podemos tirar algumas lições importantes sobre segurança de dados na nuvem:

Ainda não está claro se a vulnerabilidade foi encontrada no iCloud, Find my iPhone ou se alguma outra coisa aconteceu, devido à má proteção dos dados por parte dos usuários. Mas, de qualquer forma, pense duas vezes antes de armazenar dados sensíveis, confidenciais, sigilosos na nuvem. Para os hackers, “furar” o bloqueio de segurança de um provedor que armazena dados na nuvem é uma meta e isso torna esse tipo de serviço um alvo cobiçado por eles. Além disso, se o serviço de armazenamento na nuvem for  ”hackeado”, ou tiver que passar por qualquer tipo de investigação ou fiscalização de órgãos governamentais (exemplo da NSA nos EUA),  há a possibilidade de divulgação dos seus dados sigilosos, mesmo sem consentimento.

Se for inevitável armazenar dados sensíveis na nuvem, o melhor a fazer é criptografá-los e, de preferência, não com ferramentas fornecidas pelo provedor de serviço em nuvem. Hackers que violarem o provedor podem ter acesso. Se você não tiver experiência com criptografia, o melhor a fazer é contratar um especialista.

Certifique-se de utilizar senhas realmente fortes em todas as suas contas na nuvem, ou mesmo fora dela. Mesclar caracteres especiais, maiúsculas e minúsculas, números e também a criação de senhas mais longas ajudam. Mas até mesmo as perguntas e dicas para se descobrir sua senha devem ser mais bem elaboradas para dificultar a um hacker consegui-las.

Nunca compartilhe na internet nenhum tipo de material que você não deseja que se torne público. Mesmo que você utilize métodos de segurança nos arquivos, hackers podem ter sucesso em passar pelo bloqueio, até porque este é o “trabalho” deles. Naturalmente, o melhor local para armazenar o material sensível é em máquinas não conectadas à Internet. Se esse cenário é impraticável, pelo menos, mantenha a máquina segura com o software de segurança (antivírus) adequado, criptografia, senhas, etc.

Nossa recomendação: Mesmo se você optar por ignorar as ideias anteriores, se você tiver fotos ou outros materiais sensíveis armazenados no iCloud, o melhor a fazer agora é removê-los o mais rápido possível, pelo menos até que toda a poeira abaixe sobre a existência ou não de uma vulnerabilidade no serviço. Você não vai querer descobrir da maneira mais difícil.

Fonte: http://www.forbes.com/sites/josephsteinberg/2014/08/31/nude-photos-of-jessica-lawrence-and-kate-upton-leak-five-important-lessons-for-all-of-us/

New Call-to-action

Topics: tecnologia móvel, vulnerabilidade na nuvem, a nuvem é vulnerável

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades