<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

A história da Gestão de Despesas de Telecom (TEM)

Postado por Mobilit em 15/04/2014 14:19

mobilit_1

A área das Telecomunicações no mundo todo é sem dúvida a que teve a maior evolução e crescimento tecnológico. Em escalas exponenciais, em apenas algumas décadas, praticamente todo o planeta está ligado em alguma rede, seja a internet ou telefonia, e as distâncias foram drasticamente reduzidas. Como era de se esperar, as empresas acompanharam essa evolução e hoje praticamente todas as áreas são permeadas por dispositivos, telefones e meios de comunicação à distância.

Para os que ainda não estão familiarizados, a Gestão de Despesas de Telecom (TEM – Telecom Expense Management) é o conjunto dos processos e ferramentas utilizados para gerenciar recursos de voz e dados, dispositivos e contratos, com o propósito de redução de custos, riscos e aumento de visibilidade e qualidade gerencial. Esse processo pode ser feito por você mesmo ou por alguma firma parceira de sua empresa. Vamos saber como tudo isso começou.

 

Origens da Gestão de Despesas de Telecom

Veja que interessante, em 1989, existiam 4 milhões de assinantes do serviço móvel em todo o mundo, já em 2013, foram contabilizados 6 bilhões. A União Internacional de Telecomunicações considera que "O telemóvel foi a tecnologia mais rapidamente adotada de toda história". Nos anos 80, as linhas via voz eram o principal meio de Telecomunicação, e existiam poucas alternativas em termos de tecnologia, disponibilidade de contratação e fornecedores. Isso mudou rapidamente, à medida que o monopólio da AT&T nos EUA e do sistema Telebrás no Brasil caíram e a tecnologia celular e a internet se popularizaram. Em paralelo, a área de Tecnologia da Informação (TI) foi criada, pois a complexidade do novo cenário exigiu um conhecimento específico e técnico maior para lidar com os crescentes desafios.

Dos anos 90 até hoje, a quantidade de ferramentas e dispositivos aumentou exponencialmente, surgiram os celulares que cabem na palma da mão, os smartphones com poder de processamento similar ao de PCs, os tablets e seus inúmeros aplicativos, bem como o aumento da capacidade e velocidade no tráfego de dados. Assim como as pessoas, as empresas adotaram essas novas tecnologia e, acima de tudo, este novo papel da comunicação que foi muito além da comunicação em si. Em muitos lugares TI passou a apoiar o negócio; em outros, TI virou o negócio. Mas estas mudanças também trouxeram uma enorme quantidade de  contratos, faturas e equipamentos, além de inúmeros erros e falhas processuais que deveriam ser controlados, mas que sobrecarregaram as áreas de TI na difícil tarefa de gerenciar um cenário cada vez maior, mais complexo e mais caro. As companhias perceberam que havia um ciclo de vida em Telecom, uma necessidade de aprimorar as atividades de controle dos gastos e do uso dos recursos, de forma diferente da que utilizavam até então. Não se podia gerenciar valores tão altos e processos tão importantes para a empresa, da mesma forma que eram gerenciados nos anos anteriores.

TEM era uma necessidade. O começo foi pequeno e se limitou-se a controles em planilhas e/ou processos manuais apoiados em tarifadores. Mas com o tempo, iniciando-se nos EUA, esse cenário mudou e se sofisticou, à medida que sistemas especificamente voltados para TEM foram criados e processos estruturados de gestão forma incorporados aos ciclos de controle das despesas de telecom.

Diversos profissionais, desenvolvedores e prestadores de serviços perceberam a oportunidade de atender a uma nova necessidade e investiram tempo e recursos no desenvolvimento deste novo mercado, criando assim o segmento de Gestão de Despesas de Telecom (TEM). Sempre focada no objetivo de reduzir gastos e elevar o nível gerencial, a atividade de Gestão das Despesas de Telecom é a resposta do mercado à necessidade de se gerenciar de uma forma estruturada e profissional, um universo de recursos e valores relacionados a Telecom, cada vez mais elevados e importantes dentro da empresa; tanto em termos financeiros como operacionais e estratégicos. Acreditamos que este ciclo está só no começo.

 

Quer saber mais? Deixe um comentário ou entre em contato.

Topics: Gestão de Despesas de Telecom, TEM

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades