<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

5 dicas excelentes para implementar BYOD na sua empresa

Postado por Mobilit em 06/03/2015 11:30

mob_fev_08BYOD tornou-se uma tendência global e as empresas já notaram isso. Vemos um cenário que já aprovou o conceito e quer assimilar os benefícios, que vão desde a inovação, até o melhor equilíbrio entre a vida profissional e a melhora da produtividade.

Como a tendência veio para ficar, o ideal é implementar de uma forma que seja interessante tanto para o empreendimento quanto para o empregado. Quer conhecer dicas excelentes? Continue lendo essa matéria!

Clareza

Ao adotar o BYOD é importante definir de forma clara as restrições para um melhor aproveitamento dos dispositivos no ambiente de trabalho.

Para isso é importante avaliar como os funcionários utilizam seus dispositivos, para quais funções e se está de acordo com a política do governo. A partir daí é possível definir um escopo, o alcance e restrições do programa de mobilidade. Defina também qual o perfil dos usuários da empresa, pois o nível deles deve se adequar aos níveis de apoio empresarial e de segurança.

Pesquise

O gestor deve entender os benefícios que um programa de BYOD pode trazer para o negócio. Para isso é necessário entender o que o colaborador deseja, como ele atua e quais as possibilidades da companhia. A pesquisa pode ser feita com perguntas simples, como uma sondagem para entender o ambiente, a satisfação ou insatisfação com os dispositivos e o quanto gostariam de trabalhar com dispositivos próprios.

Seja realista

É interessante ter um cronograma realista, pois a mudança de um sistema dependente para um modelo colaborativo independente como BYOD, pode levar meses. Lembre-se que se trata de um sistema que afeta toda a empresa, é importante se certificar também do apoio de líderes, gestores e demais colaboradores, assim o tempo para a implementação será menor.

Defina uma verba

Depois da pesquisa e do cronograma, a próxima dica diz respeito à verba necessária. Para isso você deve identificar os custos atuais.

Revise e defina uma verba para que cada funcionário possa comprar seu smartphone ou tablet. Em alguns casos pode ser o equipamento do próprio colaborador, contudo isso deve ser definido antes e a empresa pode ou não optar por uma ajuda de custo. Lembre-se que será importante investir em segurança e isso pode render mais gastos.

Transparência nas regras

As normas devem ser claras e simples, começando com uma descrição de como o programa, como irá funcionar e quem irá participar. Fale sobre a verba e como serão os dispositivos de segurança.

É imprescindível ter o controle dos dispositivos que estão conectados à rede corporativa, assim será mais fácil determinar os riscos à segurança, políticas e os custos. Lembre-se que todos os envolvidos devem estar cientes de como funciona o programa e estar confortáveis com as normas.

Desta forma, com a gestão correta e equipe informada, podemos operar BYOD com eficiência e entrar efetivamente na nova premissa corporativa: A colaboração.

New Call-to-action

Topics: BYOD, Mobilidade Corporativa, pequenas e médias empresas

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades