<img height="1" width="1" alt="" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1616712345234498&amp;ev=PixelInitialized">
SOLICITE ATENDIMENTO

BLOG MOBILIT

Excelência em gestão de despesas de telefonia móvel, fixa e dados.

3 segredos práticos para renegociar seus contratos de telefonia

Postado por Mobilit em 10/06/2015 11:30

contratos telecomOs contratos de telefonia são conhecidos por sua complexidade, tanto pelo número de itens e serviços que podem conter, como pela dificuldade em estabelecer as corretas necessidades da empresa quando estamos em negociação com as operadoras.

Empresas de médio porte (100 linhas ou mais) devem prestar atenção redobrada, pois os contratos irão definir todo o escopo de telecom, e são decisivos para o controle do orçamento.

Quem negocia ou renegocia contratos (geralmente o setor de TI), deve se preocupar com uma grande amplitude de opções e pormenores, e para lhe ajudar nessa tarefa, resolvemos destacar 3 “segredos” para começar com o pé direito, minimizando suas chances de errar:

Mapeamento do Perfil de Uso

O perfil de uso é amiúde resumido somente ao preço da tarifa, pacotes de SMS e plano de internet. Para uma definição precisa, devemos ir além do básico, e incluir na negociação tudo o que é utilizado nas operações em todos os setores. Por exemplo:

·    Qual setor utiliza mais linhas fixas?

·    Quem ainda precisa de pacotes de SMS?

·    Quais colaboradores utilizam celular? Eles precisam fazer muitas ligações ou conseguem trabalhar somente com a internet?

·    Sua empresa precisa fazer muitas ligações DDD e DDI? E quanto ao Roaming, seus profissionais viajam muito?

·    Como é feito o rateio de despesas?

Esses são exemplos de parâmetros para um perfil de uso adequado. Dessa forma, evitamos a sub ou super contração, e o desperdício.

New Call-to-action

SLA – Service Level Agreement

Um Acordo de Nível de Serviço (ANS ou SLA, do inglês Service Level Agreement) é um acordo firmado entre a área de TI e a operadora, que descreve o escopo contratado, suas metas de nível de serviço, além dos papéis e responsabilidades das partes envolvidas no acordo.

O SLA assegura tudo que foi acordado entre as duas partes, todas os direitos que o prestador do serviço concede, e a maneira como estes níveis de serviço serão mensurados, reportados e sempre aprimorados.

Um SLA deve conter:

• Disponibilidade dos Serviços

• Compromissos com tempos e prazos

• Requisitos de desempenho

Para evitar surpresas, o seu contrato deve incluir suas necessidades, como os modelos dos equipamentos, tecnologia empregada, condições de pagamento e reajustes, prazos de entrega, instalação e manutenção e tempo médio para a habilitação dos serviços.

Atendimento e Suporte

Uma negociação eficiente deve se preocupar com o andamento das operações mesmo após o contrato ser firmado. Imprevistos, reparos, reposições e reajustes são uma constante nas telecomunicações, e requerem suporte dedicado.

Certifique-se de designar um contato dentro da operadora, que irá dar suporte à sua empresa. Quem irá lhe atender quando tiver um problema técnico, ou precisar contratar uma nova linha?

Utilizando como parâmetro esses 3 tópicos, você garante uma negociação “amarrada”, que irá garantir seus direitos e ser útil para suas operações. Procure saber sobre as melhores oportunidades para economizar em telecom, e avance com o seu negócio sem desperdícios.

auditoria risco-zero

 

Topics: cobrança pelas operadoras, Negociação de contratos de telecom, Contratos de telecom, TEM (Telecom Expense Management)

Posts Recentes

Tópicos

veja todos

Inscreva-se para receber novidades