7 Perguntas que irão responder se você é “o cara” de TI

O cara de TI


Existe uma grande diferença entre ter um alto volume de trabalho e um excesso de tarefas que prejudicam o rendimento. E é isso que caracteriza um funcionário de TI de um profissional considerado “gerente de TI”.

É muito raro encontrar alguma agenda tranquila entre os profissionais de TI, geralmente suas rotinas são, literalmente, uma loucura. 

São demandas urgentes no sistema, ajustes, melhorias, atualizações e uma enorme responsabilidade sobre as operações das empresas, que se tornam mais e mais dependentes da tecnologia a cada dia. 

O responsável por TI é a pessoa que precisa garantir que tudo esteja funcionando. Desde os sistemas aos servidores e equipamentos da rede, passando pelo gerenciamento e manutenção da segurança das informações e pela coordenação de seu próprio time.

Ele cria e mantém os recursos para o uso interno.

A boa notícia é que mesmo em meio a um frenesi de tarefas, existem muitas maneiras para ser mais produtivo e garantir eficiência. Isso está diretamente ligado a gestão, organização e automação. Até porque uma das premissas da tecnologia é facilitar e agilizar processos e ninguém melhor do que  “gerente de TI” para interagir com as tantas oportunidades. 

Reflita sobre as perguntas abaixo:

1- Você tem tempo para pesquisar? 

Não gaste todo o seu tempo em tarefas operacionais. Usar o tempo para buscar soluções pode te levar a um novo patamar de atuação, pois é neste momento que você pode avaliar possibilidades para auxiliar seu departamento ou a empresa que trabalha.

2- Está satisfeito com sua liderança?

A pergunta é pertinente para líderes e liderados. Pois não adianta muito ser um ótimo profissional, com propostas inovadoras, capacidade de execução, e ter um líder que não tem predisposição para ouvir e aceitar novas ideias. 

Da mesma forma, se você é o líder do departamento, deve pensar se está atuando de forma inspiradora, e se sua equipe encontra conforto para trocar experiências, propor novos projetos e realmente colaborar com os desafios da empresa. 

3- Sua casa é uma extensão da sua rotina de trabalho?

Nem todos os dias serão excelentes, mas o fato é que a grande maioria deles deve te deixar com a sensação de missão cumprida, e não deve trazer a sensação de improdutividade,  pelo excesso de tarefas e alto nível de desgaste. 

Levar serviço para casa não é um “crime”, mas se isso for constante, ele sinaliza que há alguma coisa errada na distribuição de tarefas e execuções.

4- Você consegue se entusiasmar com novos lançamentos?

Lançamento é o que não falta em tecnologia da informação, e é claro que não dá para acompanhar tudo que acontece no mercado. Mas é importante ter curiosidade, um dos indícios de que a motivação com sua atuação e profissão está a pleno vapor, é a vontade de saber mais.

5- Seu sobrenome é comprometimento?

O sucesso em transpor grandes desafios está intimamente ligado a grande capacidade que algumas pessoas tem em assumir responsabilidades e, consequentemente, compromisso. 

Raramente um objetivo não será atingido por alguém comprometido. Profissionais com esse perfil não medem esforços para cumprir sua missão, o limite é uma linha muito tênue para eles, e se esse for uma característica sua, pode ter certeza, você vale ouro.

6- Tem energia para dar e vender?

Haja disposição! Engana-se quem pensa que o gerente de TI fica tranquilo em sua mesa. Ele está sempre envolvido em novos projetos, é requisitado por todas as áreas, e dificilmente você vai vê-lo tomando um café calmamente. 

A adrenalina é parte do dinamismo persistente em tecnologia da informação. 

7- Você é um eterno apaixonado por tecnologia?

Sim, exageradamente apaixonado; o gerente de TI é assim! Profissionais de TI escolhem esse engajamento com a inovação, com as descobertas e soluções. Escolhem a profissão com desejo de ver o mundo envolto em uma teia de facilidades, tecnologia a favor da melhoria de vida. Manter vivo esse sentimento é alimentar sua energia e capacidade produtiva. 

Muitas vezes a imagem do profissional de TI está atrelada ao stress do cotidiano, à falta de tempo e motivação, e às tantas falhas nos sistemas e pausas nas operações. Mas, isso acontece porque ele está sobrecarregado em tarefas e provavelmente esteja precisando de melhores direcionamentos e atuações. 

Empresas organizadas, com gestão voltada à produtividade sustentável de seus colaboradores, estão repletas de caras de TI. Profissionais valorizados e respeitados, que acumulam sim uma enorme responsabilidade, mas que não estão indo além de apenas resolver problemas. 

Como se tornar um gerente de TI de sucesso

gerente de ti

Agora vamos tratar de outro ponto importante para garantir uma carreira de sucesso como gerente de TI. Com um mercado cada vez mais competitivo é essencial incorporar algumas habilidades e colocar em prática algumas ações no dia a dia para conquistar posições de destaque e se consolidar no mercado.

Se trabalhar como gerente de TI e ter sucesso nessa área é o que você deseja, então veja a seguir o que deve fazer para alcançar seu objetivo.

Seja um gerente de TI flexível

As tecnologias e também as necessidades humanas mudam o tempo todo. Por conta disso é importante que o gerente de TI seja flexível a fim de se adaptar aos diferentes cenários que podem surgir no seu caminho.

Para isso é necessário estar familiarizado com as tendências no setor e também a cultura organizacional da empresa. Deste modo é possível buscar soluções mais eficientes e a fim de trazer melhores resultados para a empresa.  

Como gerente de TI aprenda a comunicar-se com a sua equipe

Assumir um cargo de liderança é bastante desafiador em diferentes aspectos. Isso, principalmente pelo fato de que é preciso lidar diretamente com outras pessoas e garantir que o trabalho seja feito com qualidade.

Como gerente de TI, é importante ter habilidade extra de dialogar com a sua equipe. Isso porque será essencial trocar informações a fim de alcançar os objetivos do time.

É importante ter em mente que liderar não é o mesmo que dar ordens e que sozinho você não executaria projetos. Liderar e garantir uma boa gestão de equipe é organizar as operações e motivar os colaboradores para que eles utilizem seus potenciais da melhor forma possível.

Além disso, é importante que você demonstre que a opinião da sua equipe é importante. Lembre-se, na hora de se comunicar com eles, que você também pode aprender com seus liderados. Além disso, se esforce para entender quais os desejos e problemas da equipe a fim de lidar bem com todos os membros.

Mantenha conhecimentos e habilidades como gerente de TI atualizados

Você passou 5 anos na faculdade e dois anos no mestrado e acha que sabe tudo? Acredite, o mercado encontra-se sob constante renovação. E para se manter alinhado a essas mudanças, você não pode se ater apenas ao que aprendeu na faculdade.

É preciso atualizar constantemente seus conhecimentos e habilidades, do contrário você será literalmente “engolido” pela concorrência.

A tecnologia evolui muito rapidamente e o bom gerente de TI deve acompanhar essas mudanças. Para isso você não precisa frequentar cursos caros ou demorados, mas apenas tirar alguns minutos do seu dia para ler ou assistir coisas sobre o tema.

Lembre-se que se manter atualizado prova não apenas o seu interesse, mas também o seu valor para a empresa. Isso mostra que você tem o que oferecer e que você é capaz de entregar o que há de melhor no mercado naquele momento.

Invista em integração

O setor de TI é um dos mais importante da empresa, no entanto, ele só é realmente eficiente quando está integrado a demais. Por conta disso, um bom gestor de TI se esforça para tornar o seu setor o mais acessível possível, compartilhando informações com todos os profissionais da empresa.

Isso porque o TI existe para atender as necessidades dos outros setores e todos eles em conjunto, trabalham para atingir os objetivos da organização. Deste modo, é função do gerente de TI entender as demandas das outras áreas e contribuir na implantação e desenvolvimento de tecnologias mais eficientes e integradas.

Faça uma boa gestão dos sistemas

Uma das principais funções do gerente de TI é gerenciar os sistemas operacionais implantados na empresa. Assim, ele garante o funcionamento ininterrupto de todas as ferramentas e recursos tecnológicos necessários para a execução das atividades dentro da organização.

Para realizar essa tarefa com eficiência é necessário implantar indicadores de desempenho. A partir deles é possível realizar um estudo dos resultados apontados e definir as melhores estratégias evitando problemas graves.

Delegue tarefas

Não é porque você é o líder da equipe que você vai fazer tudo. É preciso entender os próprios limites e terceirizar atividades ou delega-las a membros da equipe que estejam mais preparados para determinada tarefa.

Por isso, sempre que for desenvolver uma atividade mais difícil ou que demande mais conhecimento técnico, considere essas opções.

Seja um gerente de TI com visão estratégica

Um bom gerente de TI avalia o futuro e mede resultados, analisando dados e informações a fim de tomar decisões assertivas. Em outras palavras, o gerente de TI tem uma visão estratégica do todo.

Essa característica é essencial para coordenar projetos de acordo com a melhor tecnologia possível. Além disso, com ela torna-se mais fácil obter resultados mais exatos, uma vez que eles foram baseados em dados e indicadores bastante precisos. Deste modo é possível eliminar riscos desnecessários.

Considerando essas dicas e adotando aquilo que você julgar mais necessário você certamente alavancará sua carreira e se tornara um gerente de TI ainda melhor! Portanto, comece a colocar o que viu aqui em prática agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *