5 Passos para a negociação de contratos de telecom

Contratos com as operadoras

Neste artigo abordaremos os 5 principais passos que devem ser seguidos para uma boa negociação de contratos de telecom.

A elaboração e formalização de um contrato com operadoras de telefonia é um processo complexo, cheio de detalhes e que demanda tempo. E para que a negociação dos contratos de telecom seja bem sucedida, alguns processos devem ser seguidos, visando que todos os trâmites sejam efetuados de forma eficiente e com o menor gasto possível.

Para se conseguir isso, uma boa opção para o cliente é contratar uma empresa parceira em gestão de despesas de telecomunicações. Essas empresas têm como algumas de suas funções a gestão de: contratos, inventário, faturas eletrônicas, tarifação e utilização. 

Mas caso prefira seguir através de uma negociação realizada com uma equipe interna, é recomendável seguir o roteiro sugerido abaixo:

Dicas para negociação de contratos efetivos de telecomunicações

Existem algumas formas de não deixar dados importantes passaram despercebidos antes e durante a negociação, e assim evitar que o processo se arraste por mais tempo e tenha mais gastos. Para ajudá-lo nesse processo, eis algumas dicas essenciais:

1-Identifique o escopo a ser contratado

O primeiro passo é conhecer a situação real da sua empresa. Elaborar um inventário de todos os dispositivos, escopo de utilização e necessidades dos colaboradores e das áreas, dificuldades técnicas e operacionais, além de oportunidades de redução de custos através de mudança do escopo a ser contratado. Desta forma, pode-se definir a situação atual e onde queremos chegar.

2-Faça o benchmark

Realizar o benchmark de tarifas é importantíssimo para comparar o que estamos pagando, com o que poderíamos estar pagando. Em outras palavras, comparar os preços pagos em relação ao mercado, e em relação ao que outras operadoras podem oferecer. 

3-Elabore um Edital

Selecione os licitantes certos, ou seja, as operadoras que têm boa reputação no mercado. Na Requisição de Proposta, inclua todos os termos e condições, só assim seus direitos serão preservados. Defina, por exemplo, qual o tempo limite que o suporte técnico da operadora terá para resolver os chamados abertos, seja por acesso remoto ou atendimento presencial.

Uma medida que também pode ser usada, é pedir que as operadoras apresentem projetos no ato da entrega da proposta. E detalhe todos os serviços e volumes que serão contratados, exigindo propostas com clareza nas tarifas e condições comerciais de cada item.

4-Analise as propostas, pontos fortes e fracos

Faça uma análise das ofertas recebidas e selecione aquela que mais se encaixa às necessidades da empresa, à maneira com que a empresa faz uso da telefonia e de dados. Uma empresa que produz vídeos, por exemplo, precisa de uma banda larga que suporte o envio e recebimento de arquivos pesados. Outro ponto importante é levar em consideração que a empresa pode abrir mais filiais no futuro, o que fará com que o contrato tenha que ser alterado.

Compare também o valor das propostas com o valor do contrato da operadora que oferece o serviço atualmente para a empresa. Revise os termos e condições, procure por lacunas na proposta e dê um feedback por escrito para os licitantes. E não olhe apenas para os valores. A análise técnica do serviço e tecnologia oferecidos é tão ou mais importante que a parte financeira.

5-Negocie

Após escolher a melhor proposta, é hora de negociar os termos e detalhes. Nesta etapa, é também importante a contratação de um serviço terceirizado para analisar as divergências que possam existir entre o que foi solicitado por você e o que está no contrato. Depois do consentimento entre as duas partes, pode-se realizar o rollout dos planos, e o monitoramento periódico para adequar as possíveis (e prováveis) mudanças na empresa, operadora, tecnologia, e no mercado.

Essas dicas podem ajudá-lo a se preparar melhor para uma negociação de contratos de telecom ou qualquer outro tipo de contrato, mas tenha em mente que há mais dados para se levar em conta durante a negociação. Portanto, busque ajuda de um serviço terceirizado para ajudá-lo durante o processo e otimize a gestão de sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *